Ocorreu um erro neste gadget

sábado, agosto 08, 2009

Polêmica na gripe suína



Acho que esta reportagem vai gerar bastante polêmica:


O G1 quer ouvir depoimentos de profissionais da saúde sobre atendimento.
Envie seu relato, informando RG e número no CRM.


O G1 está preparando uma reportagem sobre a visão dos médicos e profissionais de saúde que participam do combate à nova gripe.

Se você trabalha na área de saúde, envie seu depoimento sobre como estão funcionando na prática as medidas oficiais para atender, diagnosticar e tratar os casos de nova gripe no Brasil.

Cadastre-se no VC no G1 e escreva seu relato.

É essencial que você informe seu RG e número no Conselho Regional de Medicina.

3 comentários:

disse...

Gostaria de falar sobre o exemplo da minha cidade. Aqui tem no máx. 50mil habitantes... e semana passada começaram a mandar ficarem em casa crianças com gripe, os profissionais de saúde começaram a usar máscaras, foi decretada emergência. Foram liberadas de trabalhar até dia 14.08 todas as servidoras públicas grávidas do município q trabalham nos setores de saúde e educação. Oficialmente nega-se que exista qualquer caso de gripe A confirmada no município. Segundo informações de um profissional da saúde há pelo menos 11 confirmados. Mesmo q isso não seja verdade, já ouvi de outra pessoa o fato de ver visto o exame de confirmação de 2 casos, uma criança e um idoso. Especula-se que há confirmação inclusive de morte pela nova gripe. Bom... adoraria acreditar que não há nenhum caso que tudo isso é só prevenção como estão dizendo, mas tá difícil de engolir, aliás tá difícil até de respirar com tanta desinformação. Sinceramente não acredito que as razões sejam nobres, apenas para não criar pânico, para mim isso cheira a interesse financeiro puro. Admitir a gravidade e aceitar a pandemia vai fazer as pessoas se trancarem e não consumirem, não saírem e em alguns casos até não trabalharem...

Osame Kinouchi disse...

Realmente os números estão subestimados, resta determinar quanto...

Quanto a motivos conspiratórios, tenho ouvido falar desde sobre um hype da midia quanto a um tranquilismo da mesma. Talvez ambos estejam certos. Talvez as pessoas apenas estejam perdidas.

O interessante é que mesmo com a baixa letalidade da gripe temos esse caos, imagine se a gripe realmente matasse 0,5% dos afetados, por exemplo. Isso daria 300000 mortes no primeiro ano...

jiten disse...

Gostei do comentário e principalmente dos argumentos, sou professor e estou encaminhando alunos para a direção e agora to achando até graça porque até pedagoga virou medica e falou que so pode mandar alunos gripado que estejam com febre para casa, enquanto que a recomendação é que fiquem em casa e procurem um médico e tem mais gostaria de que a aárea médica se posissionasse melhor e desse o atestado de apto para que os alunos pudessem voltar tranquilos para a sala de aula, gostaria de vários em minhas mãos.