Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, agosto 31, 2009

Não, eu não esqueci da gripe suína...

Dados do Roberto Takata. Acredito mais na projeção feita de mais de 800 óbitos para hoje do que o número oficial de 602. Minha resposta ao email dele:

Roberto,

Está acontecendo o mesmo efeito que observei no meu gráfico de casos confirmados. Ou seja, enquanto os números sao pequenos, os laboratórios dao conta do recado, e o número reportado é proporcional ao numero real. 

Mas ocorre uma saturação (os exames para confirmar obitos estao com atraso de até 30 dias, segundo o G1). Assim, os dados mais recentes deixam de seguir a curva real, é um artefato do processo de medida.

É como no caso da Argentina: quando o número de óbitos estava por volta de 350, o ministro deles afirmou que provavelmente o número real era de 700, mas os exames estavam atrasados. [Temporão não faz isso e continua dizendo suas meia-verdades estatísticas, mas o bjetivo deste blog é combater o abuso e mal uso da Estatística, não defender políticos].

Percebi que voce tentou mudar os parametros para fitar os ultimos dados. Isso se chama overfiting, ou seja, tentar fitar dados que estão com problema. Não funciona, a curva original que está na figura (e que prevê cerca de 720 mortes para dia 27) é mais realista.

Sendo assim, confio mais na sua projeção (com os parametros antigos, nao os novos) do que nos números do MS.

Lembre-se do lema dos fisicos teóricos (e dos estatisticos que conhecem o problema de ruído nos dados - minha tese de doutorado foi sobre isso):

"Se os dados não batem com a predição teórica, é porque provavelmente o experimento foi mal feito..."
ou
"Antes de jogar fora a Mecânica Quantica, verifique se a tomada do aparelho está ligada..."

Abraços, e até o EWCLIPO. Vou dividir minhas cervejas, que o Hotta vai pagar, com você, OK?

Osame

2 comentários:

Anônimo disse...

Muito bom o artigo, como já disse nos meus comentários anteriores, em Santa Catarina continua a síndrome do esconder a verdade. Dia 01 consta que a Secretaria Estadual de Saúde confirmou 12 novas mortes, tendo um total de 32 no estado, interessante é que dia 29 ocorreu uma morte já confirmada por Gripe A na cidade de Videira e não consta nas estatísticas, a paciente estava há mais de um mês internada e estava grávida, segundo consta o feto (7 meses) já estava sem vida quando ela chegou ao hospital, a morte do feto não foi contabilizada. Ainda há divergências do tipo, uma moradora da cidade que morreu no hospital de outra cidade vizinha consta como dado da outra cidade. Fora isso ainda nos resta rir do fato de ter sido declarado há alguns dias na rádio local pelo prefeito que não havia nem um caso grave e que todos estavam medicados e bem inclusive a paciente que estava na UTI, a mesma que morreu dia 29.

Osame disse...

Pois é, 644 mortos hoje. Faltam 356 para atingir mil. Se o fator de subestimação for metade do da Argentina, então hoje já estamos com mais de mil...