Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, março 31, 2009

Ruth de Aquino na Wikipédia


OK, OK, é claro que eu não ia resistir... Nossas Antenas foram inventadas por cientistas que faziam pesquisas ridículas e inverossímeis em eletromagnetismo, apresentadas como brincadeiras de salão no século XIX.

Para aqueles que querem ter uma idéia dos critérios de edição e de como se decide o que manter na Wikipédia, ver a discussão abaixo:


Peço a atenção da comunidade para o seguinte artigo: Época (revista) ao qual foi adicionada uma seção sem relevância enciclopédica. Deixei por lá um comentário, mas por se tratar de página pouco consultada, temo que ninguém venha a lê-lo. Peço encarecidamente à comunidade da wikipédia que avalie a relevância da seção Época (revista)#A polêmica de Ruth de Aquino com jornalistas e divulgadores de ciência com a finalidade de removê-la o mais rápido possível pelos seguintes motivos:

  1. Falta de relevância enciclopédica;
  2. Falta de fontes fiáveis;
  3. Parcialidade e uso de "weasel words".
  4. Uso para divulgação de blogs (na verdade já removi o link que apontava para um blog por considerar uma forma de "spam").

Obrigado,

--189.61.82.125 (discussão) 04h00min de 27 de março de 2009 (UTC)

Retirei tudo, justifiquei na aba do histórico, quem quiser que reponha. MachoCarioca oi 05h52min de 27 de março de 2009 (UTC)

Quem quizer que reponha droga nenhuma. Pra repor tem que apresentar fontes "fiáveis". De quem, é que me pergunto. Dos Civita? Dos Frias? Dos Marinhos? Da imprensa do único pais cujo presidente da mais alta corte dá dois habeas corpus ao maior bandido em menos de uma dia, se confia em quem? Na imprensa? Até mesmo a Roda agora é Morta. Fulcanelli msg 06h26min de 27 de março de 2009 (UTC)

PS (© MC): É mesmo morta o Neves

A intenção do autor foi expor dois casos em que a revista se meteu em polêmicas. O texto não é tendencioso porque apresenta a crítica da editora da revista e a réplica dos cientistas. Faltaram as referências, isso sim. Tempus (discussão) 07h34min de 27 de março de 2009 (UTC)

Pois é meu caro, o autor do texto na wikipédia, o autor da reversão ou o autor da reportagem na revista? Ainda que fossem dadas referências, acreditaria? Um texto se torna imparcial apenas por se dar o mesmo equilíbrio nas vozes dissonantes? Há que se ser imparcial no Holocausto, p. ex., dar o direito dos Nazistas se explicarem? Referência e Imparcialidade aqui só não são mais desacreditadas porque - pecado máximo que Dante não estipulou círculo - um administrador masturbou-se com um sock ilícito. Fulcanelli msg 07h49min de 27 de março de 2009 (UTC)

Como a revista é Época, que se dê Tempus ao tempo :) Namastê. Fulcanelli msg 07h57min de 27 de março de 2009 (UTC)

Texto parcial é aquele que toma partido. O autor do artigo não tomou partido, apenas citou o texto que gerou a controvérsia e a refutação dos interessados. O Holocausto não está acima de qualquer crítica, quem tiver um estudo sério sobre a realidade dos campos de concentração deve publicá-lo sem sofrer censura. Se não havia câmaras de gás, que se prove isso com documentos. Tempus (discussão) 08h09min de 27 de março de 2009 (UTC)

O proprio autor da seção retirada concordou com a retirada e criou o artigo Ruth de Aquino, colocando aquela seção dentro dele, muito mais pertinente. A quesrão ali nem se trata de referencias ou imparcialidade, mas de estilo do verbete mesmo. E o Gunnex retirou tbém do artigo da Ruth marcando VDA.MachoCarioca oi 08h14min de 27 de março de 2009 (UTC)

[editar]

Ainda no mesmo assunto, propus a eliminação da página, já que a jornalista em questão não apresenta relevância suficiente para constar numa enciclopédia e foi incluida apenas por causa de um conflito entre ela e o autor do artigo. Retirados os dados sobre o conflito, o artigo não faz mais sentido de existir. Página de eliminação em Wikipedia:Páginas para eliminar/Ruth de Aquino.

Obrigado, --189.6.107.167 (discussão) 13h29min de 27 de março de 2009 (UTC)

P.S.: Não sou de forma nenhuma afiliada à jornalista ou revista em questão. Apenas acho que a wikipédia não deve ser usada para divulgar conflitos entre autores de blogs.

Minha cara, também acho que a Ruth de Aquino e 90% dos jornalistas presentes na Wikipedia não tem nem de longe relevancia para constar como verbete em uma enciclopedia, pois são apenas profissionais fazendo o seu trabalho ( e alguns deles, mal). Entretanto, num lugar onde não se consegue eliminar aritigos sobre ex-bbbs, e prostitutas que escreveram um livro, porque elas tem fã-clube enciclopedico, acho que a Ruth é um luminar de relevancia. Sds MachoCarioca oi 13h35min de 27 de março de 2009 (UTC)

Respeito sua opinião, mas acredito que um erro não deve justificar o outro. O fato de celebridades efêmeras terem fã clubes na wikipédia não justifica que se mantenha uma página criada por conflitos de egos. Enfim, minha opinião.
--189.6.107.167 (discussão) 13h56min de 27 de março de 2009 (UTC)

O que sobrou no artigo dela não é um 'conflito de egos'. a intenção com que foi feito, não importa, o que importa é o resultado. Uma micro biografia normal como tantas. De uma jornalista enciclopedicamente irrelevante mas como centenas que existem aqui, não vejo problema. Aproveita e se registra pra ajudar a votar na eliminação das bbbzetes na proxima rs MachoCarioca oi 14h00min de 27 de março de 2009 (UTC)

  • Hmmm...seilá por que essa discussão toda tem um cheiro de censuuura... Gerbilo :< 19h41min de 27 de março de 2009 (UTC)
Eu acredito que o arquivo não deva ser retirado, porém, acredito que esta enciclopédia embora "livre", não seja lugar para estes conflitos, eles não contém conteudo enciclopédico.100% matemática (discussão) 00h09min de 29 de março de 2009 (UTC)

Prezados, antes de blogueiro sou cientista profissional da USP e coordenador do Laboratório de Divulgação Científica da FFCLRP-USP. Não tenho muita familiaridade com a wikipedia e seus criterios e assim peço desculpas por qualquer inconveniente. Entretanto discordo com a retirada da seção sobre a polêmica entre Ruth de Aquino e a comunidade de blogs científicos do Brasil (os blogueiros dessa comunidade são jornalistas cientificos, cientistas e pós-graduandos em ciências). Embora seja uma guerra de egos (na medida que os cientistas se sentiram ofendidos enquanto que a jornalista continua afirmando que quem a está criticando é porque não sabe português nem interpretação de texto), acredito que não seja apenas "uma guerra de egos" , mas sim um evento potencialmente importante (embora pequeno) que sinaliza as novas possibilidades de conflito e cooperação no jornalismo 2.0 onde colunistas recebem críticas extensivas em suas janelas de comentários e comunidades de blogueiros podem checar as informações com profundidade. Por exemplo,

Roberto Takata do blog Gene Reporter entrevistou dois dos cientistas estrangeiros criticados por Ruth de Aquino como tendo feito pesquisas irrelevantes ou preconceituosas que, na opinião dela, não deveriam receber subsídios governamentais. Tais pesquisadores estrangeiros de alto gabarito e cujas pesquisas foram publicadas em ótimas revistas científicas com peer review responderam a Takata, traçando comentários sobre a questão do jornalismo científico sensacionalista e explicando em detalhe a motivação e as aplicações concretas de suas pesquisas, ver as respostas de Paul Gregg e Susan Fiske.

Além disso, foi pedido à Sociedade Brasileira de Física e seus associados, e outras sociedades científicas, para se manifestarem. Novos desdobramentos estão a vista nos próximos dias e a página da Wiki seria um site de centralização de informação sobre este (pequeno mas significativo) affair jornalístico. Infelizmente, embora a coluna da editora-chefe tenha sido a segunda ou terceira mais comentada da semana, com 98% de comentários negativos, e várias cartas tenham sido enviadas para o espaço do Leitor na revista impressa (não por mim, enfatizo), nem uma única linha saiu na revista na semana seguinte. Do mesmo modo, dois amigos blogueiros cientificos que são jornalistas das organizações Globo se vêem impedidos de tecer qualquer comentário sobre o episódio (a favor ou contra Ruth de Aquino!), visto que isso põe em risco seus empregos.

Minha proposta é que seja mantida a página bio de Ruth de Aquino assim como está (talvez melhorando as referências) uma vez que outros colunistas e jornalistas menos relevantes que ela (da mesma revista Época!) também possuem páginas bio na wiki. Mais tarde, quando a poeira baixar, se avaliado que o affair entre a jornalista e a comunidade científica realmente adquiriu relevância enciclopédica, então uma PEQUENA seção sobre o affair, com links para as fontes relevantes, seja colocado. E eu sinceramente espero, torço e acredito que a Wiki não possua entre seus editores, jornalistas da Globo de plantão cujo único trabalho seja o de relações públicas, mantendo biografias expurgadas do falecido Roberto Marinho e de seus atuais funcionários. Lembremos que crítica de leitor (ou mesmo blogueiro) não constitui censura. Quem censura é apenas quem tem o poder (econômico, midiático) de censurar... 189.5.205.221 (discussão) 11h24min de 31 de março de 2009 (UTC)

2 comentários:

Sandra Goraieb disse...

Oi, Osame! Fazia alguns dias que não passava por aqui. Aí vi todo este putifério sobre essa tal Aquino R. Para saber mais sobre ela, fui no Pubmed (que é minha fonte principal) e nossa: não achei nadica de nada da tipa! Acho que ela não publica nada em revista científica. Que coisa, ela deve ser jornalista séria e não mais uma pesquisadora idiota. Eu como sou ambidestra, desajustada e coisa e tal, nem tinha sabido da tal polêmica. Acho que é porque eu não leio os artigos dela (pelo baixo fator de impacto? Será que vale uma tese de doutorado?). Abraços fortes e solidários. (Adoro este blog!) ;)

Osame Kinouchi disse...

Sandra, não é que eu tenha perdido o senso de humor com a Ruth, mas sim que eu fiquei pensando com meus botões como se inicia uma reação coletiva na blogosfera. Me parece que um único blogueiro pode desencadear uma avalanche de posts, o que é muito bom, pois isso indica que cada um de nós é potencialmente importante. Uma andorinha só não faz verão, mas se ela chamar outras andorinhas, podem começar uma blogwar...