Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, março 24, 2009

Paula Signorini (Rastro de Carbono) responde à Ruth de Aquino


Quem sabe a reação em cadeia na blogosfera científica esteja começando... Bom, pelo menos precisamos debater sobre a melhor atitude a fazer frente a esses ataques anti-científicos dos tablóides nacionais. Ficar quieto e sofrer calado essa construção sofismática da representação social do cientista pode ser uma atitude correta para o cientista comum, mas não para jornalistas científicos e divulgadores de ciência.

E afinal, o IgNobel brasileiro (tatus deslocam artefatos arqueológicos) representa uma pesquisa super interessante e importante para o seu campo! E a jornalista não entendeu que o IgNobel é dado para pesquisas que "primeiro fazem rir, e depois fazem pensar..."

Veja o comentário da Paula no Rastro de Carbono aqui.

Nenhum comentário: