Ocorreu um erro neste gadget

sábado, novembro 14, 2009

Zé Celso sobre Marina Silva: Ignorãncia ou má-fé?


Zé Celso Martinez Correia declara no Portal Vermelho:
Adoro ouvir Lula falar, principalmente em direto com o público como num Teatro Grego. É um de nossos maiores atores. Mais que alfabetizado na batucada da vida, Lula é um Intérprete dela: a Vida, o que é muito mais importante que o letrismo. Quantos eruditos analfabetos não sabem ler os fenômemos da escrita viva do mundo diante de seus olhos?

Eu abro meu voto para a linha que vem de Getúlio, de Brizola, de Lula: Dilma, apesar de achar que está marcando em não enxergar, nisto se parece com Caetano, a importância do Ministério da Cultura no Governo Lula. Nos 5 dedos da mão em que aponta suas metas, precisa saber mais das coisas, e incluir o binômio Cultura & Educação.

Quanto a Marina Silva, quando eu soube que se diz criacionista, portanto contra a descriminalização do aborto e da pesquisa com células-tronco, pobre de mim, chumbado por um enfarto grave, sonhando com um coração novo, deixei de sequer imaginar votar nela. Fiz até uma cena na “Estrela Brasyleira a Vagar – Cacilda !!” para uma personagem, de uma atriz jovem contemporânea que quer encarnar Cacilda Becker hoje, defendo este programa tétrico.
Zé Celso, que raios de declaração exdrúxula é essa? Marina se declarou não-criacionista na Folha, no Roda Viva e em vários outros lugares. Nessa altura do campeonato, isso é ignorância ou desinformação (ou estratégia stalinista de desinformação)?

Lembremos que os criacionistas (Garotinho e Cia) apóiam Dilma, não Marina. Zé Celso, você vota junto com o criacionsta Garotinho, é isso? Ou foram os donos do Itaú que lhe pediram essa declaração?

PS: É por isso que ando chateado com Dawkins e seus discípulos: no Brasil, em 2010, o preconceito anti-religioso vai ser usado contra a candidata verde-esquerdista-religiosa Marina Silva e favorecer os candidatos cinzas-neoliberais por acaso neoateus (os neoliberais foram os responsáveis pela maior crise econômica desde 1929, concordam? Ou foi a Esquerda? Ah, sim , a crise de 29 também é de responsabilidade dos liberais econômicos, ou não?) ou da esquerda jurássica ateísta stalinista (Dilma).

Ou seja, uma questão paroquial americana (o debate criacionismo-evolucionismo, a influência do partido Republicano etc) produz uma reação polarizante de Richard Dawkins, um cientista neoliberal da Inglaterra (ou seja, do país menos religioso do mundo e onde o debate do criacionismo é irrelevante!) que acaba influenciando nossa política de eleição presidencial (e a viabilidade da minha candidata!) ao formar a opinião de formadores de opinião como Zé Celso Martinez Correa, via um best-seller cheio de falácias lógicas e estatísticas, erros históricos e factuais, filosofia da ciência de nível do colegial e muita retórica. Que chato!


2 comentários:

Kentaro Mori disse...

O neo-ateísmo e particularmente o fundamentalismo cristão nos EUA sim influenciam essas posições realmente desinformadas sobre a Marina...

Mas não se deve esquecer que o ponto só é explorado porque ela mesma deu declarações ambíguas para grupos defendendo o criacionismo no Brasil.

Posteriormente, e principalmente, com sua (pré-)candidatura ela esclareceu o ponto, mas se ela não tivesse dado aquelas declarações os anti-Marina provavelmente estariam explorando algum OUTRO ponto.

Osame Kinouchi disse...

Kentaro, espero que minha proposta esteja clara: Na década de 80 cristãos e marxistas ateus se uniram em prol de um objetivo maior, lutar contra as ditaduras latino-americanas.

Proponho que o mesmo se faça hoje, na questão ambiental: religiosos verdes e ateus verdes se unam em prol de um objetivo maior, em vez de deixar o pais nas mãos dos cinzas, mesmo que sejam "ateus esquerdistas" (politicamente oportunistas como Dilma, com apoio de Garotinho) ou "ateus neoliberais" com apoio religioso (Serra/Alckmin).