Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, novembro 06, 2009

PSDB ficou sem candidato para o Rio por causa de Marina Silva

PSDB busca palanque no Rio para eleições em 2010

ALFREDO JUNQUEIRA - Agencia Estado

Tamanho do texto? A A A A

RIO - O presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), confirmou que o Rio é o único Estado em que o partido ainda não tem definição para as eleições do ano que vem. Ontem ele esteve na capital fluminense para conversar com as principais lideranças tucanas locais. Veio tentar buscar uma alternativa de palanque no Rio para o futuro candidato à presidência do partido - que também não se definiu entre os governadores de São Paulo, José Serra, e o de Minas Gerais, Aécio Neves.



"Temos situações delicadas em vários Estados. Mas aqui é o único que a gente ainda não definiu padrão de palanque", afirmou Guerra, após participar de almoço com a vice-presidente nacional do PSDB, senadora Marisa Serrano (MS), e representantes do partido no Rio.



Até a entrada no PV da senadora Marina Silva (AC), o palanque preferencial dos tucanos no Rio era o do deputado federal Fernando Gabeira. Com a provável participação de Marina na disputa à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o parlamentar perdeu apoio dos tucanos locais.



Com a dificuldade em formalizar aliança com o PSDB, Gabeira - que conta com a simpatia de Serra - sinalizou que não disputaria mais o governo do Estado para tentar uma das duas vagas em disputa no Senado. Enquanto os tucanos ainda não têm nenhum palanque no Rio, a pré-candidata do PT à presidência, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, já conta com três: o governador Sérgio Cabral (PMDB), que busca a reeleição, o ex-governador Anthony Garotinho (PR) e o prefeito de Nova Iguaçu, Lindberg Farias (PT).



"A nossa aposta para 2010 era a candidatura do Gabeira, que teve o nosso apoio como candidato a prefeito. Com a candidatura da Marina e sem a convicção de Gabeira para disputar o governo, a gente começa a refletir sobre o caminho que devemos tomar", afirmou Guerra. "Uma das hipóteses é a candidatura própria".

Tags: eleições 2010, PSDB, Sérgio Guerra, Marina Silva

Nenhum comentário: