Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, setembro 14, 2009

Será que eu ganhei 750 dólares por um artigo?


Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

SBN – Quadra 2 – Lote 6 – Bloco L
70040-020 – Brasília, DF - Brasil

Ao Senhor

Pablo Diniz Batista
Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas.
Rua Dr. Xavier Sigaud, 150 - Urca
22290-180 - Rio de Janeiro - RJ

OFÍCIO Nº 446/2009/PR/CAPES

Brasília, 11 de setembro de 2009.

Prezado Professor Pablo Batista,

É com grande honra e satisfação que informo a indicação de Vossa Senhoria para receber o Prêmio Thomson Reuters de Produtividade e Impacto Científico, com o melhor trabalho de Bibliometria e Cienciometria.

O prêmio é uma parceria entre a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES e a Divisão Científica da Thomson Reuters e se destina ao pesquisador, vinculado a uma instituição brasileira, que seja o autor do trabalho mais relevante na área de Bibliometria e Cienciometria nos últimos cinco anos. O senhor foi selecionado pela autoria do seguinte artigo:

BATISTA, P. D. ; GUIMARAES, M. ; KINOUCHI, O. ; MARTINEZ, A. .

Scientometrics, v. 68, p. 179-189, 2006

A solenidade de entrega do prêmio, no valor de US$ 3.000,00, está prevista para o dia 17 de setembro de 2009, às 15 horas, no auditório do Edifício-

Sede da CAPES, localizado no Setor Bancário Norte, Quadra 2, Bloco L, lote 06, 1º subsolo, em Brasília, e contará com a presença do Ministro de Estado da Educação, Fernando Haddad, do Vice-Presidente Executivo da Thomson Reuters, Keith MacGregor e de personalidades da comunidade acadêmico científica.

Informo a V.Sa. que as despesas referentes à viagem e hospedagem serão custeadas pela Divisão Científica da Thomson Reuters, na pessoa do Sr. José Cláudio Santos, gerente regional da Thomson na América do Sul.

Atenciosamente,

JORGE ALMEIDA GUIMARÃES

Presidente

PS: No link da Elsevier está faltando o nome do Alexandre Souto Martinez, co-autor que estava coorientando Mônica Campiteli na época, e cuja idéia sobre o índice h individual foi a origem do paper.

4 comentários:

Sidarta disse...

Muito legal, parabéns pra todos! Abraços,

Sidarta

Nestor Caticha disse...

Po, OSame
quem manda colocar o estudante
como primeiro autor?


parabens,

nestor

Rodrigo Euzébio disse...

Olá Osame!

Parabéns a você e aos outros autores!

Tomara que o prêmio signifique que a forma de avaliação da produção intelectual esteja sendo repensada pela comunidade científica (caso contrário, terei de conformar que, mesmo no auge da minha carreira de matemático - e também, com certeza, da minha idade -, terei sorte se tiver como fator h um mísero 3 ou 4. Injustiça pouca é bobagem!)

Abraço! Parabéns novamente!

Rodrigo.

Osame disse...

Em nossa pesquisa (nao neste paper mas em um proximo, mostramos que é possivel normalizar o h por area, e que o h dos matematicos precisa ser multiplicado por tres para poder ser comparado com o de um biologo (tomado como padrao). Portanto, o seu verdadeiro h é 12 = 3 x 4

Abraços.