Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, junho 08, 2009

A doutora que virou cabelereira


Cai taxa
de formação de doutores no Brasil



EDUARDO GERAQUE

da Folha de S.Paulo


A letra do zoólogo Paulo Vanzolini ilustra bem a situação do sistema de pós-graduação nacional: "De um lado tem maré alta, do outro praia de fora."


O país rompeu a barreira simbólica da formação de 10 mil doutores em 2008. Segundo número ainda não divulgado pelo governo, 10.711 receberam o título. Porém, a taxa de aumento de titulados, que era de 15% em média ao ano no início da década, caiu para 6% de 2004 em diante --com uma tendência de alta no último ano.

Dados mostram que a carência do setor acadêmico no Brasil continua enorme. De todas as instituições de ensino superior do país, entre particulares e públicas, só 24% dos professores são doutores.

O artigo continua aqui.

Uma amiga da minha namorada se doutorou pela USP em biologia, aqui em Ribeirão. Depois de cansar de enviar currículos e receber a respostinha padrão de que a quota de doutores daquela universidade (particular) está completa, ela resolveu dar aula em colégio particular (ensino fundamental). Como isso não está compensando, ela está fazendo um curso para cabelereira (já que isso dá um salário de R$ 4000,00 nos bons salões da cidade...

4 comentários:

Anônimo disse...

Na engenharia o mercado aqueceu, assim como em outras áreas, o que afastou o graduado da universidade para uma formação complementar...este aspecto tb deve ser considerado: O aquecimento do mercado para diversos profissionais.

none disse...

Osame,

Essa professora não daria uma entrevista ao GR?

[]s,

Roberto Takata

Osame Kinouchi disse...

Roberto, acho que sim. Me mande seu email no okinouchi(arroba)gmail.com que eu vejo se consigo o email dela.

Ciência Brasil disse...

Osame
E´ mais um exemplo de que o Brasil não tem mercado para 10 mil doutores ano...