Ocorreu um erro neste gadget

domingo, outubro 25, 2009

Divulgação Científica e Ateísmo Científico


Uma das diferenças entre jornalismo científico e blogs de ciência é que nos últimos, por serem o análogo de colunas de opinião (e editoriais!), o lado ideológico da ciência se manifesta de maneira mais clara.

Um exemplo é dado pelo Paradoxo PZMyers, que o Carlos Hotta comentou no último EWCLiPo mas infelizmente não teve tempo de desenvolver: o paradoxo é que o blog de ciência mais influente, visitado e comentado do Science Blogs americano não trata prioritariamente de ciência, mas sim de uma ideologia (o ateísmo científico).

A questão da influência (positiva ou negativa) do ateísmo científico na divulgação científica precisa ser melhor discutida na comunidade. O cerne do problema é que AC e DC apresentam, muitas vezes, propósitos e interesses diversos, algumas vezes conflitivos e mesmo antagônicos. Vejamos:

Entre os propósitos da divulgação científica (DC), temos:

1. Apresentar a ciência de modo interessante e atraente ao público leigo.
2. Aumentar o suporte que a sociedade em geral dá à ciência, ou seja, criar um clima de simpatia da sociedade frente à ciência.
3. Despertar novas vocações científicas.
4. Aumentar a cultura científica da população em geral.
5. Complementar a educação científica dada pelas escolas.
(esta lista não é exaustiva)

Entre os propósitos do ateísmo científico (AT), temos:

1. Promover uma transição de uma cultura pré-científica para uma cultura científica (seguindo uma visão positivista de "estágios de evolução social" tipo mítico-religioso-filósófico-científico).
2. Defender os direitos dos ateus e agnósticos em sociedades primariamente religiosas.
3. Defender o estado laico.
4. Defender a educação laica.
5. Aprofundar o processo de secularização social.
6. Combater crenças pseudocientíficas.
7. Combater crenças religiosas.
8. Diminuir a influência política e social das Igrejas e da religião em geral.
(esta lista também não é exaustiva)

Acredito que o paradoxo PZMyers tem a ver com tais listas de objetivos: existe pouca superposição entre os objetivos, a lista de prioridades é diferente, existe pouca sinergia entre eles. Por exemplo, um combate ativo de crenças religiosas (objetivo da AC, ilustrado pela figura deste post) pode ser deletério para a criação de um clima de simpatia social para com a ciência e os cientistas (objetivo da DC), ao afirmar que todas as pessoas não-atéias são estúpidas.

Então eu faço a pergunta para os meus amigos blogueiros de ciência: este problema está claro para você? O seu blog é de divulgação científica ou de ateísmo científico? Você defenderia o AT mesmo na hipótese de que isso fosse bastante deletério politicamente para a DC? Quais são suas prioridades?

No entedimento de que o ateísmo científico (notem que existem ateísmos não-científicos, como em Nietszche e ateísmos pseudocientíficos como em Stalin!) e o movimento cético etc não podem ser reduzidos a componentes puramente científicos mas possuem fortes componentes filosóficos, políticos e ideológicos, estaremos criando em breve uma nova categoria de blogs no Portal ABC.

Para esta categoria estamos procurando um nome com menos preconceito social do que "Ateísmo científico". Algumas sugestões mais neutras seriam: "Ciência e Cultura", "Humanismo Secular", ou "Ceticismo Científico". Se você tem idéia para nomes melhores, por favor faça sua sugestão aqui ou no próprio ABC.

Esta nova categoria formaria uma pequena blogosfera onde os objetivos comuns estão arrolados na lista AT acima, mais do que na lista DC. Esperamos assim contribuir para uma interação maior entre este tipo de blogueiros científicos.

9 comentários:

none disse...

Bem, misturar AT e DC no mesmo blogue tem um efeito similar a misturar política partidária com ciência... rere, zoei!

Bem, eu procuro separar - claro que isso significa ter trocentos blogues, mas isso evita um tanto a contaminação mútua (eu acho).

[]s,

Roberto Takata

ciencianamidia disse...

Osame,
muito boa sua preocupação em separar as duas abordagens! Eu pessoalmente não me interesso pelo que você caracterizou como "ateísmo científico", acho uma forma nada producente de comunicar a ciência. Assim, uma distinção mais clara entre as duas abordagens pode reunir aqueles com interesses e práticas similares.
Não tenho nenhuma sugestão para o nome dessa "categoria", apenas deixo a opinião de que "ciência e cultura" não reflete o que de fato é abordado nesse tipo de blog (ou site etc). Há diversas outras comunicações que poderiam entrar numa categoria com a denominação "ciência e cultura". Eu acho que o melhor jeito de escolher o nome dessa categoria pro ABC é perguntar para alguns dos blogs que entrariam nessa categoria como eles gostariam de ser nomeados. De repente, eles acham que "ateísmo científico" confere...
Abração!

none disse...

Digamos que haja um grupo de blogues que possamos chamar de "teísmo científico" - de um lado defende as ciências e de outro procura vender o peixe de uma dada religião... seriam incorporadas à listagem do ABC também?

[]s,

Roberto Takata

Osame Kinouchi disse...

Boa pergunta Takata.

Por enquanto não temos nenhum desses blogueiros teistas militantes,
os blogueiros teistas (ou de terceira via como eu) que temos no ABC são basicamente o João Carlos, o Reinaldo Lopes e eu.

Como a "apologia" que os mesmos fazem da religião é leve (ou seja, defendem nasicamente que falta aos atestas um conhecimento maior da historia, antropoplogia e sociologia da religiao, tudo feito no contexto das "ciencias da religião" - pos-graduaçãor econhecida pelo MEC, acho que ainda estão dentro).

Por favor, uma coisa é defender que a cienciaé compativel com (certas) visões religiosas, outra coisa é defender que a ciencia é incompativel e que portanto a ciencia deve ser minimizada ou eliminada ou combatida, por ser uma visão materialistado mundo (como fazemos New Age e os Espiritas, e o pessoal da Contracultura.

Ou seja, o problema ara o ABC não é o cara ser teista ou ateista, mas ser a favor ou contra a ciencia. Um ateista anticientifico como Nietszche ou Dan Brown também seria questionavel (por que ambos cometem erros históricos crassos, e história deveria ser considerada como um conhecimento sério com metodologia bem estabelecida -nãovale tudo, não vale puro achismo).

Agora, alguns ateistas acreditam na igualdade conceitual "teismo = anticiencia" e "ateismo = ciencia". Ja demonstrei que a segunda opção não é verdadeira, com os exemplos de Nietszche e Stalin. Você teria que mostrar a primeira opção, que teismo = anticiencia. Não basta dizer que muitos teistas são anticientificos, é preciso demostrar que todo teista é anticientifico.

Acho que nem Dawkins conseguiu mostrar isso com o devido sucesso. No maximo vc pode argumentar que os teistas cientificos são esquizofrenicos, "idiotas" (= retardados mentais?) ou atocontratidórios. Mas vc não consegue demonstrar que seus trabalhos cientificos estejam errados, que trabalhem ativamente contra a ciencia ou que não tenham dado contribuições importantes para a ciencia. Francis Collins é o exemplo atual, concorda?

Os ganhadores dos premios Templeton são outros.

Osame Kinouchi disse...

Misturar AC com DC não tem um efeito similar a fazer um blog sobre "Ciencia, Cultural e Politica". Pergunte ao Hotta sobre este lema do SBB...

Osame Kinouchi disse...

Takata, como a Tat disse, vc tem uma sugestão para o nome da nova categoria? Ou prefere que os bogs primariamente de AT (como o Coletivo Acido Cetico, o Cultura Científica e o 100Nexos) continuem na classe de Ciencia Geral (ou na classe de Filosofia Científica)?

Infelizmente, o seu blog não se caracteriz na clase AC, vocce deverá continuar no Ciencias da Vida...

none disse...

Mas digamos que haja um blogue de um religioso militante favorável às ciências - e que, sendo um tipo de anti-Dawkins, argumente que não é que a ciência é compatível com a religião, nem mesmo apenas que a ciência seja incompatível com o ateísmo e a falta de religião, mas sim que o conhecimento científico determina que os indivíduos sigam uma dada religião (uma tradicional ou uma nova). (Estou pensando em um exemplo bem específico e real - mas que não está na forma de blogue ainda.)

Esse blogue tem lugar no ABC?

Creio que a resposta a essa pergunta ajude a pensar no destino de blogues do que você chama de ateísmo científico.

(Não estava falando em política sentido geral, mas sim em política *partidária*. Mas estava só zoando tb.)

Se for para dar minha opinião - que não vale nada - e se for para listar blogues de ateísmo, eu sou a favor de que se separem.

E, tendo que se refira ao Gene Repórter (ou mesmo a outros blogues meus - que não estão no ABC), seria mesmo uma supresa se se encaixasse em um "ateísmo científico": se não por outra coisa, pelo fato de (acho que já tive algumas oportunidades de esclarecer este ponto) eu *não* ser ateu.

[]s,

Roberto Takata

luisbr disse...

É um problema que surge quando queremos transformar um blog (semi-)pessoal em uma plataforma de divulgação da ciência. A mistura vai vazar em algum ponto. É o que está ocorrendo com o ´Semciencia´, toda hora aparece um post sobre a Marina Silva. Chato até o osso.
Sempre volto aqui para ler os textos sobre CIÊNCIA. ;-)

Osame Kinouchi disse...

Luis, vc em parte eestá correto. Mas só em parte.

A maior parte dos posts sobre a Marina Silva tem a ver com a questão da relação entre ciência, ateísmo científico, religião e política. Ou seja, a questão científica ficou importante politicamente quando as pessoas dizem que Marina não é boa candidata por ser religiosa ou até mesmo "criacionista" (o que é falso e foi desmentido por ela, a menos que você redefina "criacionismo").

Ou seja, tanto o ateísmo cientiífico quanto a candidatura de Marina (e sua repercussão para as questões da economia de baixo carbono, meio ambiente, e relações entre ciência e religião são temas relevantes atualmente - não para um blog jornalistico de notícias científicas mas para um blog de colunismo científico como é o SEMCIÊNCIA.

Devemos lembrar também que o SEMCIÊNCIA segue o lema do SBB: ele trata de Ciência, Cultura e Política!

Um blog mais comportado, com ênfase em ciência e apolítico, é o Senciência com "n" do WordPress (mesmo autor): Dê uma olhada:
http://senciencia.wordpress.com/