Ocorreu um erro neste gadget

sábado, janeiro 24, 2009

Música dos Terremotos



Neurofisiólgos costumam ouvir os spikes de neurônios em aplificadores em em vez de apenas visualizá-los em osciloscópios. Dizem que isso se faz porque o ouvido humano é mais sensível a detetar padrões do que o sistema visual.

Idéia: imitando este vídeo, faça uma escala associando magnitudes dos terremotos com tons, de um modo psicofisicamente significativo. Em princípio, se os eventos são descorrelacionados, deveriamos ter apenas uma "música fractal", ou seja, notas musicais tiradas de uma distribuição tipo lei de potência.

Mas os pre-shocks, os after-shoks e os terremotos correlacionados ou disparados em avalanches globais produzirias assinaturas que poderiam ser facilmente detetáveis acusticamente. Ou não?

Nenhum comentário: