Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, março 21, 2007

Sonhos e Odores


Da Nature Reviews Neuroscience:

Odor cues during slow-wave sleep prompt declarative memory condolidation

Rasch, B. et al. Science 315, 1426–71429 (2007)


It is thought that new memories are consolidated during sleep because they are replayed in the brain. Rasch et al. show that presenting an olfactory stimulus during slow-wave sleep boosted the memory of a previously learned task, but only if the smell had also been present during learning. Functional MRI showed hippocampal activation in response to odour exposure during slow-wave sleep, providing evidence that the memory-boosting effect of re-exposure to a smell during sleep might be associated with replaying memories in the hippocampus.



Como vocês sabem, eu tenho minha própria teoria sobre sonhos e reconsolidação de memória, ou melhor, minha versão da teoria de Crick e Mitchison. A diferença com a teoria de consolidação tradicional, da qual meu amigo Sidartha Ribeiro é adepto, está apenas no mecanismo específico. Ambas prevêem que as memórias são afetadas e melhorem seu recall após o sono. A teoria de Crick e Mitchison diz que isso se faz por uma equalização dos tamanhos das bacias de atração das diversas memórias (pela diminuição anti-Hebbiana das memórias mais fortes, ou memórias emocionais).

Na teoria de consolidação clássica, não está claro como as memórias migram do hipocampo para o cortex, e como são apagadas no hipocampo. Já discuti bastante com o Sidartha que a simples superposição de memórias no hipocampo não apaga as anteriores, mas apenas causa sobrecarga e confusão na rede, pelo menos nos modelos de redes neurais de atratores - que são os únicos modelos computacionais viáveis que memórias Hebbianas que temos por enquanto.

Agora, imagino que o odor deve ativar memórias olfatórias na amigdala, não apenas no hipocampo. Será que os pesquisadores viram isso? E, é sabido que a presença de odores são bastante raros nos relatos de sonhos (você se lembra de algum sonho seu com odor?). Isso bate com os resultados desta pesquisa: parece que o efeito do odor se dá apenas no sonho de ondas lentas (não-REM). Mas então, esse replay de memórias durante o sono não-REM provavelmente não está relacionado com os sonhos vívidos do sono REM...

Idéia para o Sidartha: o resíduo diário Freudiano se dá no sono não-REM, os sonhos ligados a memórias e traumas emocionais, desejos obsessivos e medos ansiosos se dá no sono REM.

Nenhum comentário: