Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, março 08, 2007

Contato


Marília Juste, do blog Tubo de Ensaio: Desde que o filme "Contato", com Jodie Foster, estourou nos cinemas de todo o mundo em 1997, todo nerd que se preza sonha com fazer contato com uma civilização alienígena através do projeto Seti ("Busca por Inteligência Extraterrestre", na sigla em inglês). A idéia é bacana e qualquer um pode participar (saiba mais aqui). Instalando um programinha no seu computador, você doa um pouco do poder de processamento da máquina para a análise de dados vindos de radiotelescópios em Porto Rico, que varrem os céus procurando sinais de vida inteligente longe da Terra. Desde sua criação, milhões de pessoas já aderiram à iniciativa, mas não encontraram nada.Nada, até janeiro de 2007, quando, finalmente, o Seti encontrou alguma coisa. Mas, calma, não foi um alien. Foi... um laptop.


Em 1º de janeiro, o computador de Melinda Kimberly, uma escritora de Mineapólis, nos Estados Unidos, foi roubado, com todos os seus roteiros e romances. Desconsolada, ela já dava todo seu trabalho por perdido quando seu marido, James Melin, lembrou de algo importante: ele havia instalado o programa do Seti no computador da mulher -- porque os seus demais seis computadores não eram suficientes para ajudar a nobre causa. Como fazia normalmente, o laptop de Melinda continuava entrando em contato com os servidores do Seti quando não estava sendo usado. Os servidores, por sua vez, registravam o IP usado pela máquina. E, foi assim que o computador foi localizado. Os bandidos conseguiram escapar, mas os arquivos de Melinda estavam a salvo. "Eu tinha certeza que um nerd seria um excelente marido", agradeceu a esposa aliviada. "É o meu herói."

Nenhum comentário: