Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, abril 28, 2009

Evitando pandemias no futuro



Parece que o porco, além de ser um animal muito inteligente (mais inteligente que o cachorro!) e parecido com o ser humano (lembremos que são usados nas faculdades de Medicina para treinar cirugiões e nos experimentos do CSI), é também um incubador de vírus de gripe, interagindo com a gripe aviária.

Eu tenho uma proposta: que os vegetarianos de todo mundo centrassem seus esforços em uma lista de prioridades de eliminação mundial de consumo de carne começando pelo porco. Afinal, no mundo de Star Trek, não existe consumo de carne...

Vejam as vantagens:

1. Vegetarianismo ético: evitamos fazer sofrer os seres mais autoconscientes e parecidos com os seres humanos. Já conseguimos eliminar, em nível mundial, praticamente o consumo de chimpanzés, baleias e golfinhos. Os próximos alvos deveriam ser o porco e o polvo. E afinal, fora os franceses, alguém pode me explicar porque não consumimos cavalos?
2. Evitando pandemias: Interrompemos um elo essencial nas pandemias de gripe, as fazendas de porcos.
3. Gás metano: Eu tenho quase certeza que porcos produzem gases de efeito estufa.
4. Saúde: Eliminando-se a linguiça e o bacon da alimentação, acho que isso contribuiria para a questão da obesidade.
5. Poluição: Se evitariauma quantidade absurda de dejetos nos sistemas fluviais e poluição atmosférica (ver aqui).
6. Deve haver mais vantagens: coloque aí nos comentários...

Acho que a redução do consumo de porco  é bastante viável: me parece bem mais fácil do que a redução do consumo do tabaco em lugares públicos e consumo de álcool antes de dirigir, que envolvem substâncias que viciam (ou seja, afetam o sistema dopaminérgico).

E, culturalmente, não deve ser muito difícil: pelo menos no Brasil, o consumo de porco é baixo relativamente à outros animais e os lobbys não são fortes (embora o Brasil seja o terceiro produtor mundial). Em termos culturais, o apoio de certas religiões (judaismo, islamismo, budismo etc) pode ser útil nessa questão. Até hoje não entendo por que os cristãos consomem porco, dado que biblicamente ele é um símbolo de doença Lembram da historinha de Jesus expulsando demônios (vírus de computador mentais?) que alegoricamente escapam para uma manada de porcos?

Hipótese de psicologia evolucionária da religião: 1. Alguns tabus alimentares apenas foram criados para delimitar a comunidade religiosa (tags em jogos de cooperação); 2. Alguns foram sugeridos a partir de uma experiência coletiva com pandemias e pragas; 3. Os tabus que agregam os itens 1 e 2 são os mais presentes na população humana. O porco seria um deles?


Figura da Nature Reviews MicrobiologyTwo of the three pandemic influenza A virus strains during the past century, H2N2 in 1957 (which caused Asian flu) and H3N2 in 1968 (which caused Hong Kong flu), arose from genetic reassortment, in which gene segments from an avian virus were mixed with genetic material from a co-infecting human virus, probably through an intermediate host, such as a pig (the mixing vessel theory). The haemagglutinin (HA) of human influenza A viruses has a binding preference for cell receptors that contain 2-6-linked sialic-acid moieties, whereas avian viruses bind preferentially to 2-3-linked sialic acids moieties. The respiratory epithelial cells of pigs have receptors that express both 2-3- and 2-6-linked sialic-acid moieties, and can be infected by both human and avian viruses. The resulting viral progeny will either be intact avian or human virus, which can only infect their respective hosts or, if reassortment yields functional virus (usually swapped HA, PB2 and/or neuraminidase (NA)), a new pandemic strain might emerge with the ability to retain efficient human-to-human transfer, but be sufficiently different (for example, by a species change in HA) to reduce the ability of the host to mount an effective immune response. PB2, polymerase basic-2 protein.

11 comentários:

Rafael Bento da Silva Soares disse...

Não sei se a coisa é tão simples assim. Minha nutricionista insiste q carne é insubstituível, e a de porco é mais saudavel q a de boi. Claro que a quantidade q a gente come é exagerada. Eu to reduzindo.
sempre quis saber se só vegetais pode suprir a necessidade proteica da humanidade, sem q eu tenha que comer 200Kg de soja. Sabe algo a respeito?

Emerson Bezerra disse...

Não sou vegetariano, mas tenho alguns amigos que são. Tenho quase certeza que a dieta vegetariana não é lá esse bicho de seta cabeças. Tem muita gente nesse mundo que é vegetariano e vive muito bem sem nem ligar pra sua dieta, como esses meus amigos. Mesmo assim sugiro que procure saber mais com outra nutricionista. Quem sabe essa sua nutricionista seja uma carnívora viciada em churrasco rsrsrs.

Anônimo disse...

Kinouchi San, nem todos os chamados cristãos consomem carne de porco. Os adventistas do 7º dia não comem o dito cujo. Aliás, como o próprio nome da igreja diz, eles também guardam o sábado. Salvo engano, é a mais "judaica" das igrejas cristãs.
MIGUEL

João Carlos disse...

Depois me passa o endereço dessa nutricionista.

Falando sério, o maior problema com porcos (e com galinhas, também) diz respeito às condições – higiene praticamente zero – com que são criados pelos pequenos produtores e às condições em que são comercializados (por debaixo dos panos). Legumes e frutas, nas mesmas condições, não seriam menos potencialmente perigosos...

E, para por a cereja em cima do sundae, no extremo oposto da produção, o uso indiscriminado e abusivo de antibióticos (principalmente na avicultura) gera superbugs.

Não foi o H5N1 e pode não ser esse H1N1: não é uma questão de "se"... é uma questão de "quando".

luisbr disse...

Criar animais demanda alimentação (milho e pastagem), e para isso precisamos de uma imensa área de cultivo.

Osame Kinouchi disse...

Eu não proponho que a humanidade vire vegetariana, eu proponho que a humanidade, assim como nossos amigos cetáceos, viva de peixe e principalmente camarão...rs ver post mais acima

Serpsico disse...

Nossa cada nutricionista diz uma coisa! Respeito muito essa profissão, mas, a cada dia aparece um nutricionista na tv proibindo vários alimente e recomendado outros. Passa o tempo e aparece outro nutricionista recomendando os proibidos e proibindo os recomendados.

Luciana Cordeiro disse...

Assistam o documentario "A carne é fraca". Varios aspectos sobre os problemas que o consumo de carne nos causa, direta e indiretamente.
Rafael Bento é só comer cogumelos/fungos diversos, são a melhor fonte de proteína e muito mais facil e menos impactante de produzir.

Serpsico disse...

O que só existe em produtos de origem animal é a vitamina B12, quem é ovo-lacto-vegetariano não corre o risco de ter problemas com a alimentação. Os veganos utilizam leite de soja, biscoitos vegans e outros produtos enriquecidos com vitamina B12 sintética.

Serpsico disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Serpsico disse...

Eu já vi "A carne é fraca", tenho que admitir que é sensacionalista pq a exposição dos argumentos já é o bastante, além disso, os argumentos acabam chamando pouca atenção diante das imagens chocantes. Mas por outro lado, outros documentários sobre a criminalidade, o tráfico de drogas também não poupam em imagens fortes.