Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, janeiro 24, 2007

Cometas decidem sua vida...


Ainda sobre o assunto dos eventos ao acaso que influenciam decisivamente sua vida. Foi por causa do cometa Bennet de 1969, citado no final desta entrevista - junto com a descida dos humanos na Lua, claro! - que meu pai acabou comprando um telescópio para mim. Este telescópio, junto com meu cachorro "Dog" e meu amigo Sinézio, formam a base de minhas lembranças dos 9 aos 13 anos de idade.

Ou seja, se não fosse o cometa Bennet, eu bem que poderia ser hoje um engenheiro civil ou arquiteto, como meu pai queria desejava. Teria mais grana (será?), mas não teria um currículo Lattes tão extenso (pobre consolação...). Não teria conhecido a Nice nem tido minhas crianças (pois teria acabado minha graduação mais cedo e provavelmente não teria feito pós). Não teria conhecido meus amigos Fernando Cachucho, Alexandre Martinez, Nestor Caticha, Mauro Copelli e Antônio Carlos Roque (por ordem de encontro histórico).

Ou seja, tudo por causa de um cometa... Quem disse que os astros não influenciam nossa vida?


Folha - Fale um pouco sobre sua carreira. Como o sr. virou um caçador de cometas? McNaught - Eu me interesso por astronomia desde muito jovem e me tornei um astrônomo amador. Sempre fui ávido por isso, sair por aí para fazer observações com meu próprio telescópio. Então eu tive oportunidades que me levaram nesta direção. Mas não sou pesquisador, sou um observador.

Folha - Em que o sr. se formou?
McNaught - Em psicologia, mas nunca trabalhei com isso. Assim que me formei, há uns 20 anos, consegui um emprego em astronomia. Sempre foi minha paixão.

Folha - Por que o sr. não se matriculou em física, ou algum curso ligado à astronomia?
McNaught - Eu fiz isso, mas eu larguei o curso porque minhas notas estavam péssimas. Eu fui para psicologia porque gostava do assunto, mas nunca trabalhei na área.

Folha - O sr. acha que a passagem de um cometa como este pode tornar os jovens de hoje interessados em astronomia?
McNaught - Eu já tinha interesse em astronomia antes de ver o cometa Bennet em 1969, mas foi a partir dali que eu fiquei deslumbrado. Aquele cometa era espetacular e certamente aumentou meu interesse em astronomia.

Nenhum comentário: