Ocorreu um erro neste gadget

domingo, janeiro 10, 2010

É possivel ser reinfectado pela Gripe Suína?


(Se quiser ler, clique na figura para aumentá-la)

Nos modelos epidêmicos tipo SIRS é comum assumir que o estado R equivale a um estado refratário absoluto. Mas é possível que o mesmo seja relativo, e que a reinfecção possa ocorrer nesse período. Verificar se isso têm consequências para o modelo da Ariadne...

Três chilenos são infectados duas vezes pela gripe suína

O vírus da gripe suína infectou duas vezes o mesmo paciente, como comprovou o Centro Clínico da Universidade Católica do Chile, onde foram registrados três casos com estas características.

Uma adolescente de 14 anos, uma mulher de 62 e um homem de 38 que já haviam contraído a doença novamente foram contaminados, de acordo com os especialistas Carlos Pérez, Marcela Flores e Jaime Labarca.

Nos três episódios, os doentes receberam tratamento com antiviral, após o contágio pela primeira vez e se recuperaram por completo, mas posteriormente voltaram a contrair o vírus, o que foi comprovado com os exames de PCR (Reação em Cadeia pela Polimerase), uma técnica avançada de biologia molecular.

No caso da adolescente, ela contraiu a doença 20 dias depois de receber alta, já a mulher adulta sentiu os sintomas passados 14 dias e o homem 18 dias mais tarde.

Os casos foram notificados ao Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, que decidiu incluí-los na primeira edição de 2010 da revista especializada "Emerging Infectius Diseases".

Em declarações ao jornal "La Nación", o médico Carlos Pérez, um pelos responsáveis pela pesquisa, disse que os casos de uma nova contaminação por gripe, em qualquer de suas variantes, não são frequentes, por isso que este episódio servirá para os médicos não descartarem uma recaída em pessoas infectadas pelo vírus H1N1.

Esta situação serve de alerta ainda sobre a importância das pessoas que já contraíram a doença serem vacinadas, porque não têm garantida sua imunidade, acrescentou.

Segundo Pérez, estes foram os primeiros casos de recontágio de gripe notificados no mundo e até agora não se sabe a causa dos doentes terem contraído duas vezes a doença.



Nenhum comentário: