Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, outubro 06, 2008

Noosfera mais social e menos sexual



A Noosfera (esta página da Wiki precisa ser melhorada), cuja base física aparentemente será a WWW e cujo lado discursivo, "consciente", é a Blogosfera, parece rumar para um aspecto mais social e menos sexual: ou seja, é como se um sistema cortical estivesse emergindo, depois de uma fase com predomínio de um sistema límbico.

Do Portal G1: Há dez anos, afirma Tancer, o conteúdo pornográfico era responsável por 20% das buscas feitas na rede. Atualmente, esse número está em 10%. Na liderança das buscas estão as redes sociais, como Orkut, Facebook e MySpace, entre outros. Redes sociais são as páginas mais procuradas na rede, diz pesquisador. Busca por conteúdo adulto caiu de 20% para 10% em dez anos.

As redes sociais estão, atualmente, entre os sites mais procurados da internet, tirando da liderança dos sites de pornografia e indicando uma mudança no comportamento dos internautas. Quem afirma é pesquisador Bill Tancer, que analisou informações sobre hábitos de navegação de 10 milhões de usuários. Tancer, autor do livro 'Click', afirma que é possível entender as pessoas avaliando o conteúdo que elas buscam e navegam na rede. "A rede dá uma visão atualizada de como a sociedade e as pessoas estão mudando", afirma o pesquisador. 

Em suas pesquisas, ele encontrou dados curiosos, como o aumento da procura por antidepressivos durante o feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos. Há também a descoberta de que alguns termos estranhos, como "sujeira no umbigo" e "ventilador de teto" sempre se mantêm entre os mais populares da rede. "Existem alguns padrões no uso da internet, e eles se repetem de forma específica e previsível", diz o pesquisador. "Dietas, vestidos para baile de formatura, e viagens, por exemplo, são termos que 'explodem' em buscas quase sempre na mesma época."

Nenhum comentário: