Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, agosto 19, 2008

Animais possuem memes?

Dizem que a diferença entre os seres humanos e os animais é a capacidade de transmissão cultural...




Richard Black
Um golfinho selvagem está, aparentemente, ensinando seus companheiros a andar com a cauda, um comportamento normalmente apenas visto em animais que passaram por treinamento em cativeiro.
O grupo de golfinhos que andam com suas caudas foi visto na costa do sul da Austrália, perto de Adelaide.
Um deles, a fêmea Billie, passou algumas semanas em um local onde golfinhos são criados e adestrados 20 anos atrás, depois de ficar doente, e pode ter aprendido o truque no local.
Billie não recebeu treinamento no local, mas pode ter aprendido a se movimentar se apoiando sobre a cauda ao observar outros animais.
Agora, outras fêmeas do grupo também praticam o truque, raramente visto entre animais selvagens, e a dedução é que elas tenham aprendido com Billie.

Corvos se reconhecem no espelho, diz estudo
Da BBC Brasil
Pesquisadores alemães afirmam ter descoberto que pássaros da espécie pega-rabuda ("Pica pica"), da família dos corvos, conseguem se reconhecer no espelho.

A conclusão está em um estudo publicado na revista científica Plos Biology.
É a primeira vez que o fenômeno é observado em um não-mamífero.
Até cientistas comprovarem que a maioria dos orangotangos e chimpanzés tinham percepção da própria imagem, acreditava-se que o homem era o único animal com essa capacidade.

Estudo: corvo usa ferramenta para buscar comida

Um estudo publicado pela revista Science descobriu que o corvo da Nova Caledônia (Corvus moneduloide), considerado um dos mais inteligentes da espécie, utiliza ferramentas para buscar alimentos.
Por meio de microcâmeras instaladas nas aves, os cientistas da Universidade de Oxford observaram que, para localizar pequenos insetos no solo, elas usam pedaços de graveto e grama.
Os pesquisadores descobriram ainda que as ferramentas mais eficientes são guardadas pelos corvos para serem usadas posteriormente.

2 comentários:

João Carlos disse...

Já se sabe que os animais são capazes de transmitir "culturalmente" suas habilidades, desde as experiências com chimpanzés e a linguagem de sinais (Washoe e companhia...)

A diferença é que eram "animais de laboratório". Agora, observando com menos preconceitos criacionistas, os cientistas estão se dando conta de que isso é até muito comum...

Isis disse...

Essa é uma nova fase de discussão científica. Parece que perceberam que a racionalidade é algo mais ampla. Já já vamos mudar o modo de ver os seres "irracionais".