Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, dezembro 03, 2007

Música das esferas



Tadeu Penna escreve:



Brian May finalmente terminou sua tese, iniciada nos anos 70. May, 59, se formou em Física no Imperial College, de Londres, após anos de estudo da poeira interestelar, ele abandonou o projeto para se dedicar ao Queen. O interesse pela Física retornou quando ele escreveu "Bang! The Complete History of the Universe," lançado ano passado. Por sorte, ele manteve todas as anotações, escritas à mão, durante todo este tempo.


Da Wikipedia:



Em 1967 entra no Imperial College em Londres, onde se formou em ciências físicas e matemáticas (foi, inclusive, um dos melhores alunos). Em seguida, começou a trabalhar na sua tese de doutoramento em astronomia (tendo trabalhado no Observatório de La Laguna, em Tenerife, Espanha), mas nunca o concluiu. Na verdade, a decisão de ficar em Londres e proseguir com o doutoramento foi igualmente tomada porque só lá Brian poderia perseguir o sonho da música. E, também porque o seu pai não concordava com o seu "sonho da música". No verão de 1967 juntamente com Tim Staffell (vocal e baixo) e Roger Taylor (bateria) formam a banda "Smile", que foi a precursora do Queen, quando da saída de Staffell, substituído por Freddie Mercury (vocal) e John Deacon (baixo).
O facto de não ter concluído o doutoramente deveu-se ao facto de Brian ter de escolher entre as duas paixões: a música e a astronomia. Ambas eram inconciliáveis, pois ambas requeriam um grande esforço e energia. Brian decidiu arriscar e escolheu a música.




Da Folha Online:




O guitarrista do grupo de rock britânico Queen, Brian May, 59, trocou a música pela astronomia e lançou nesta segunda-feira um livro que conta a história do Big Bang e de como o universo evoluiu desde seu suposto explosivo nascimento, há 13,7 bilhões de anos. Autor de sucessos como "We Will Rock You", "The Show Must Go On" e "Flash", o astro uniu forças com dois célebres astrônomos britânicos, Chris Lintott e Patrick Moore, para escrever "Bang! The Complete History of the Universe" (Bang! A História Completa do Universo, numa tradução literal). "Quando fiz 7 anos, ganhei minha primeira guitarra. Foi também quando vi (o programa de TV da BBC) 'The Sky at Night'. E desde então estas duas paixões me acompanham", contou May nesta segunda-feira, na apresentação pública de seu livro. As duas paixões explicam sua trajetória: May obteve um diploma de física no Imperial College de Londres, mas depois de anos estudando a poeira interplanetária, deixou tudo pelo rock, quando o Queen, liderado por Freddie Mercury, se lançou na conquista dos palcos do mundo. Décadas depois, o astro do rock voltou aos livros e telescópios e agora se dedica a finalizar sua tese, esperada com interesse pela comunidade científica.May expressou a esperança de que o livro, de 192 páginas, ilustrado com belas fotografias e cheio de cor, tenha tanto sucesso quanto as músicas do grupo. "Este não é um livro para cientistas. É um livro para todos", afirmou o guitarrista, acrescentando que acaba de aceitar o convite para inaugurar o GTC, o Grande Telescópio Canárias, "que será o maior telescópio do mundo".


Da Wikipedia inglesa:

May was born in Hampton, in Middlesex, and attended Hampton Grammar School (now Hampton School). May is known for being rather quiet and reserved at parties.[citation needed] He has stated in interviews that he suffered from depression in the late 1980s, even to the point of contemplating suicide,[10] and that drug use would have worsened any problems he faced.

Nenhum comentário: